Meu Sabático de 100 dias – Capítulo 29 – O retorno: Milão, Genebra e Lisboa

E depois de meses curtindo, o meu Sabático de 100 dias chegava numa das horas mais temidas: o retorno. Mas por que temida? Depois de tanto tempo viajando, por mais que role saudades de casa, família, amigos (das comidas e de não dividir quarto), rola também um medo de voltar para a “realidade”. Porém, eu saí do Brasil com a minha passagem de volta e data marcada para retornar. Ops, não. Pera!

Partiu casa? – O retorno

Tem certeza que era hora do retorno?

É… não é bem assim. Na verdade, o meu retorno para o Brasil seria no início de dezembro, num voo da Nowergian. Minha última cidade do sabático seria Madrid (sim, eu voltaria mais um pouco para a Espanha). De lá, pegaria meu voo que faria uma conexão em Londres e depois iria para o Rio. Mas, na verdade, não foi bem isso o que aconteceu.

E por que não pegou este voo?

Estava tudo certo até que, num belo dia eu recebi um e-mail da Nowergian falando que meu vôo tinha sido alterado. O vôo saindo de Madrid chegaria mais tarde e por isso eu teria que pegar o vôo Londres Rio apenas no dia seguinte. Tudo isso naquela época em que o Reino Unido tinha decidido sair a União Europeia, muita incerteza no cenário internacional… pra ajudar, Londres tem aquela fama de imigração cri cri e, mesmo estando com todos os meus documentos e viajando legalmente, fiquei super insegura de algo dar errado e eu não conseguir voltar/ perder minha passagem (a Eve de hoje teria encarado essa aventura tranquilamente). Resumindo, solicitei reembolso desta passagem.

Lembro que eu estava em Valência quando comecei a pesquisar passagens e pensei “por que não compro uma um pouco antes do previsto para chegar de surpresa?”. E foi assim que eu comprei uma passagem Genebra – Lisboa, Lisboa – São Paulo.

Mas, avisei apenas minha melhor amiga que mora nos EUA sobre esta mudança de planos (pois se eu morresse, pelo menos alguém saberia que eu estava naquele voo). Para minha família eu estava offline, pois estava fazendo uma viagem de ônibus de mais de 24 horas que me levaria de Roma à Madrid (que eu super faria rs).

Chegou a hora de voltar

Genebra? Mas você não estava em Roma?

Sim (pega esta tour!). Saí de Roma num Flixbus noturno e cheguei em Milão por volta das 10 da manhã. Lá esperei umas 3 horas até embarcar no meu ônibus até Genebra. Em menos de 3 horas de viagem o ônibus fez uma parada inesperada, pois estava com algum problema. Como eu tinha tempo de sobra fiquei admirando as belas montanhas italianas enquanto resolviam o B.O.

Em algum lugar na Itália

Reembarcamos e continuei vidrada na janela do ônibus, vendo as mudanças de paisagens (principalmente quando nos aproximamos da França e da Suíça).

O famoso Mont Blanc
Fronteira França

Quando entramos na Suíça, um policial entrou no ônibus para fiscalizar a documentação de todos os passageiros. Felizmente, todos seguiram viagem sem problemas. E no começo da noite um susto. Quando estávamos chegando em Genebra o ônibus deu uma freada na pista molhada que eu quase falei “Berenice, nós vamos bater”, mas não bateu.

Em questão de minutos desembarquei e comecei a pensar “tenho 5 francos suíços: compro uma passagem de tram até o aeroporto ou vou a pé e invisto meu dinheiro em guloseimas do mercado?”. Quem me conhece já deve imaginar que eu escolhi a opção 2. Fiz uma caminhadinha de 1 hora embaixo de uma chuvinha fraca, mas valeu a pena pois comprei algumas barras de chocolate suíço e fui matando um pouco do tempo até dar a hora do meu vôo (que seria apenas as 6 horas da manhã).

Genebra

Cheguei no aeroporto por volta das 20:00 e tive muito tempo pra fazer vários nadas. Tomei aquele bom e velho banho de lenço umedecido, li, escrevi, observei o movimento, dei uns cochilos. Mas por volta das 4:30 fui para a minha fila de embarque.

Quando saí de Genebra chovia muito. Senti até uma leve turbulência logo no início do vôo, mas seguimos sem grandes problemas. Desembarquei em Lisboa, dei aquela passadinha rápida no Duty Free pra fazer as últimas comprinhas da viagem e logo embarquei para São Paulo. Foi um vôo bem tranquilo, onde pude degustar meus últimos pastéis de nata e as minhas últimas Sagres da temporada.

A última Sagres (desta temporada)

E como foi a chegada?

Lembro que cheguei em São Paulo no fim da tarde e com um calorzinho gostoso. Quando cheguei nos alpes mogianos tive que ligar meu celular pra pedir um Uber, por isso fiquei com medo da Tim anunciar meu retorno (pois ela costuma mandar mensagem para as pessoas que tentaram te ligar quando o número fica disponível). Liguei pro meu irmão e ele perguntou “mano, onde vc tá? chegou em Madrid?” e eu “em Mogi, trânsito do caramba nessa cidade” e ele “que? tá doida?”. Era dia de Black Friday e o trânsito tava bem bagunçado nas proximidades do shopping, por isso caminhei um pouco até um lugar mais estratégico, chamei o Uber e fui pra casa.

Quando cheguei, bati na porta e meu pai foi abrir. Só ouvia ele dizendo “ai meu Deus do céu”. Ouvi minha mãe perguntando “quem é? quem é?” e ele “é a sua filha”. Foi muito emocionante e divertido meu retorno, mas também acho que foi um pouco assustador, já que eu parecia uma andarilha pós quase 48 horas de viagem.

E depois do retorno?

Olha, depois rolou tanta coisa… desde corte de cabelo a festa de aniversário surpresa com churrasco e muito feijão (I really missed you). Rolou depre pós sabático, rolou planos de trabalhar, juntar dinheiros e voltar para a estrada, mas… na verdade a gente não manda em muita coisa na vida. Em questão de meses começou a pandemia, dias de apocalipse e os sonhos foram engavetados, transformados e atualizados. Nesse meio tempo rolaram viagens menores, rolou transição de carreira e a oportunidade de, em breve, poder passar mais tempo na estrada.

Sou mais do que grata e agradeço muito à Deus por ter conseguido viver este sonho de realizar o meu período sabático. Na hora certa, nos lugares certos, cruzando as pessoas certas e vivendo as experiências que transformaram aquela Eve que embarcou para o Marrocos (aquela mesma, corajosa mas insegura e sem saber muito bem como seria esta jornada). Cada cidade, cada voluntariado que eu fiz, cada cerveja que eu tomei, ponto turístico que eu visitei e, principalmente, cada pessoa que eu conheci nesta jornada me fizeram refletir e aprender um pouquinho mais sobre viver, me mostrando que tenho muito mais para descobrir sobre pessoas e lugares deste mundão de meu Deus.

Valência

Vamos falar sobre valores?

Chegou a hora que muita gente esperou: Eve, mas quanto você gastou neste seu sabático de 100 dias? Antes de tudo lembre-se de uma coisa: viajei em 2019 e nesta época o Euro custava por volta de R$ 4,50 (no dia que escrevo este post ele está batendo R$ 6,67).

Mas vamos ao que interessa, no total eu gastei R$ 14.332,56. Está incluso nesse valor absolutamente tudo: passagens de ida e volta, seguro viagem, todos os ônibus, trens, metrôs, voos, alimentação, passeios, saidinhas, lembrancinhas… tudo! Tem gente que viaja mais barato? Sim. Tem gente que viaja mais caro? Com certeza! Porém eu achei que eu gastei um valor bem ok para um viagem tão longa e com tantas paradas.

Saudades de servir espuma com chopp, né minha filha?

Mais algumas curiosidades:

  • A coisa que eu mais me arrependi de ter levado foi o tripé (aliás, se alguém tiver interesse estou vendendo).
  • Me arrependo de não ter entrado no Parque Guell, mas sinto que em breve voltarei para Barcelona.
  • Também me arrependo de não ter saído mais e aproveitado Split.
  • Voltei com a certeza de que eu quero muito voltar para a Croácia e também quero conhecer outros países daqueles lados (como Montenegro e Albânia).

Quer saber como foi minha chegada de surpresa? É claro que eu registrei e você pode conferir no IGTV do meu Instagram.

E a pergunta que paira é: será que teremos um Meu Sabático de 100 dias parte 2 (ou “o retorno”)? Se depender de mim, “já tô com a roupa de ir”. Partiu!?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close