Meu Sabático de 100 dias – Capítulo 28 – A saga para ver o Papa no Vaticano

Dizem que se você vai para Roma e não vê o Papa é como se você não tivesse visitado Roma e, confesso, que isso estava nos meu planos iniciais. Porém, nos 45 do segundo tempo, tudo mudou! Eis que começou minha saga para ver o Papa no Vaticano!

A felicidade de quem viu o Papa

Mas por que você decidiu não ver o Papa?

Quando eu tinha pesquisado sobre visitar o Vaticano, vi que era super difícil conseguir os convites para ver o Papa, pois era necessário agendar com muita antecedência por fax ou carta (tipo, oi?). Isso me desanimou bastante, pois achei que seria um rolê impossível.

Basílica São Pedro

E o que te fez mudar de ideia?

Quando eu cheguei em Roma, minha mãe ficou chocada quando eu disse que não ia ver o Papa (pois ela já tinha tido esta experiência e surtou a parafuseta). Comecei a colocar isso na cabeça e decidi que eu iria para o Vaticano, nem que fosse para ficar no fundo da Praça de São Pedro… nem que fosse pra ver o Papa de longe.

Mas o que você fez pra conseguir ver o Papa no Vaticano?

No meu segundo dia em Roma, fiz novas pesquisas na internet e achei um endereço de e-mail onde eu poderia solicitar os convites. Enviei, totalmente desacreditada, mas… a esperança é a última que morre.

Eis que chega a quarta feira da aparição do Papa. Acordei bem cedo, peguei o metrô e em alguns minutos eu desembarcava no menor país do mundo (sim, o Vaticano é um país). Quando cheguei nos portões da praça de São Pedro, peguei uma senhora fila para entrar. Passei pela revista, pelo detector de metais, caminhei um pouco e vi uma pequena fila protegida por soldados coloridos.

A fila e os tais guardinhas coloridos

Depois de uns minutinhos de espera, falei com um atendente. Disse que estava ali para retirar o meu convite que eu tinha solicitado por e-mail. Achei que ele ia fazer várias perguntas, ou logo de cara ia dizer que não tinha convite nenhum, mas eis que ele perguntou meu nome, sobrenome e em questão de minutos me entregou um envelope com a minha identificação. Eu não sabia se eu agradecia, se eu tremia, se eu chorava, se eu sorria… eu iria sim ver o Papa naquele dia!

Me respeita porque eu sou convidada do Papa!

Conte pra gente como foi a experiência!

Saí da salinha e já fui logo entregar meu convite para entrar e achar um bom lugar. Fiquei nas cadeiras do lado direito e apenas uma me separava do corredor onde o papamóvel passaria.

Os guardinhas mais coloridos!

Pouco depois das 9 ele apareceu. Aos poucos, foi vindo para o centro da Praça de São Pedro e eu não sabia se eu chorava, se eu falava sozinha, se eu gravava, se eu tirava foto ou se eu enfartava. Foi um momento muito emocionante que eu guardarei na memória para sempre.

Olha Eleeeeee!
O momento mais emocionante do Sabático

Tá, mas e depois disso?

Depois de todo o êxtase, das orações e do Papa ir embora, admirei com um pouco mais de calma a praça de São Pedro. Observei os fiéis de diversas partes do mundo, as mulheres vestidas de noiva com os maridos (que vão em busca de uma benção especial do Papa) e vi as estátuas de todos os outros Papas que já passaram por ali.

Praça São Pedro – Vaticano

Pouco depois, encontrei os migos e entramos na Basílica de São Pedro (que eu também espero voltar outro dia para fazer o tour pago). Uma coisa que me chamou a atenção foram as marcações no piso, comparando o tamanho da Basílica com outras igrejas do mundo.

A arquitetura, as pinturas, o simbolismo e história daquele lugar me deixaram muito emocionada. Eu só conseguia pensar nos meu familiares que já partiram sem ter a oportunidade de vivenciar esta experiência. Rezei por eles e agradeci por este grande dia.

Por dentro da Basílica São Pedro
Basílica São Pedro

Acho que em meio período terminamos este breve tour no Vaticano, por isso retornamos para Roma para curtir nossas últimas horinhas na cidade (e eu, minhas últimas horinhas de Eve turistando no sabático).

Dicas para quem pretende participar da audiência ou missa para ver o Papa no Vaticano:

  • Para solicitar o convite de entrada, envie um e-mail para ordinanze@pontificalisdomus.va (se você quiser que eu encaminhe o modelo de e-mail que eu mandei é só me avisar);
  • Chegue cedo (entre 07:30 e 08:00) para pegar um lugar legal.
  • Não leve muita coisa, senão você vai perder mais tempo para passar pelo detector de metais.
  • Depois da audiência, vá para a fila de entrada da Basílica. Ela abre às 11, porém a fila costuma ficar bem longa.
Vista de dentro da Basílica

Quer saber como foi este momento único que vivi no Vaticano? Então é só conferir os destaques de Roma do meu Instagram.

2 comentários em “Meu Sabático de 100 dias – Capítulo 28 – A saga para ver o Papa no Vaticano

  1. ocaminhodelarissa 24 de março de 2022 — 18:13

    Gostei da sua atitude, bem aventureira! Deve ter sido emocionante mesmo…

    Curtir

    1. Muito obrigada!!! Foi um daqueles momentos que depois a gente lembra e não acredita rs

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close